receba atualizações no seu e-mail
CAIXA DE CÂMBIO, CONHEÇA ESSA PEÇA IMPORTANTE DO VEÍCULO

CAIXA DE CÂMBIO, CONHEÇA ESSA PEÇA IMPORTANTE DO VEÍCULO

CAIXA DE CÂMBIO

caixa de câmbio:A mecânica de automóveis passou por tantas inovações que hoje já se fala até em carros que estacionam ou andam sozinhos, sem a interferência do motorista. A caixa de câmbio, elemento fundamental,por fazer muita diferença no desempenho e na economia de combustível, também evoluiu bastante.

caixa de câmbio 1

Independente da quantidade de marchas e do tipo, a caixa de câmbio requer cuidados. Deve-se evitar vícios ao volante, como fazer trocas bruscas de marcha e arrancar rápido em saídas de semáforos, e verificar sempre o nível de óleo, impedindo que fique superaquecido e venha a fundir o câmbio e danificar peças como anéis, sincronizadores, rolamentos e, principalmente, a embreagem, no caso dos manuais e automatizados.

 

A caixa de câmbio serve para desmultiplicar a rotação do motor para o diferencial ou diretamente para as rodas, transformando a potência do motor em força ou velocidade, dependendo da necessidade. Em outras palavras, quanto maior a rotação do motor em relação à rotação do eixo, maior será a força e, quanto menor a rotação do motor em relação à rotação do eixo, maior será a velocidade.

caixa de câmbio 2

No mercado, existem hoje basicamente quatro tecnologias de câmbio: o manual, o automático, o robotizado (ou automatizado) e o continuamente variável (CVT).

 

O câmbio manual é o mais comum e no qual é feito o exame para habilitação de carteira de motorista. O padrão é o de 5 marchas, contudo existem alguns modelos com 6 marchas. Sua principal vantagem é o custo de manutenção (o mais baixo de todos), além de assegurar performance e economia de combustível.

 

O câmbio automático, amplamente utilizado no exterior, começou a ter mais popularidade no Brasil no final dos anos 90. Usando engrenagens planetárias, diferentes sistemas de embreagem, óleo lubrificante especial e um conversor de torque, destaca-se pelo conforto ao dirigir. Atualmente,há carros com câmbios automáticos de 4 a 8 marchas. A manutenção é mais cara e complexa do que o manual. Porém, quanto mais marchas menor é o consumo de combustível e melhor a performance do veículo.

caixa-câmbio-automatico

O câmbio robotizado é uma evolução da embreagem automática. As principais marcas a utilizarem o sistema foram a Fiat (com o Dualogic) e a Volkswagen (com o iMotion). É um tipo de “meia solução”, tendo em vista que os motoristas ainda sentem o “tranco” ao passarem as marchas. Mesmo assim, no trânsito pesado, ajuda na condução, efetuando todas as trocas, sendo também mais econômico e durável.

 

Já o CVTdiferencia-se por não ter engrenagens, mas apenas duas polias de diâmetro variável unidas por uma correia metálica de alta resistência. Com funcionamento semelhante a um câmbio de bicicleta, tem a vantagem de proporcionar uma aceleração contínua, sem trancos. Consome 10% menos combustível do que a transmissão manual e 8% menos do que a automática.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>