receba atualizações no seu e-mail
camaro : conheça um pouco dessa história

camaro : conheça um pouco dessa história

CONHEÇA UM POUCO DA HISTÓRIA DO CAMARO, ÍCONE DE ESPORTIVIDADE

O Camaro é um coupé ícone de esportividade produzido pela General Motor – Chevrolet há 43 anos. Trata-se de um dos carros mais simbólicos e que desperta paixões em qualquer um que olhe para ele ou tenha a oportunidade de guiá-lo.

Sua primeira aparição foi em 1966, e ficou conhecido como “First Generation”. Teve uma produção de mais de  220.000, alcançando um ano depois de seu surgimento uma produção total de 250.000 unidades.camaro-ss.jpg

 

A Primeira Geração

O primeiro modelo do Camaro Z28, criação de Vince Piggins, estava equipado com um motor de alumínio de 6 cilindros, 8V. com alto desempenho, era muito semelhante ao Mustang, até então um dos carros com maior esportividade apresentado ao público. Conhecido como small block, tinha potência de 400cv, com carburador duplo, freios a disco, rodas de 15 polegadas, molas de altíssima resistência na dianteira e com suspensão traseira com feixes de molas, o que garantia uma grande estabilidade na aceleração do carro. Os discos de embreagem eram de 11 polegadas, o câmbio possuía 4 marchas curtas, sendo a primeira marcha 2.20:1. Já a relação da coluna era de 24:1 e o capô vinha equipado com uma entrada de ar funcional. O modelo apresentado em 1969, ainda da primeira geração, possuía um scoop conhecido como cowl induction.

camaro-z28.jpg

 

 

A Segunda Geração do Camaro

A segunda geração do Camaro Z28 sofreu algumas alterações: ganhou novo motor com um torque mais potente, mas um comando menos “bravo”. Também ganhou uma transmissão automática Turbo Hidramatic 400, de três marchas, com a opção manual de quatro. Já em 1971, a taxa de compressão diminuiu e a potência do maravilhoso esportivo acabou diminuindo. Neste ano, 13.000 unidades do Camaro foram vendidas, mesmo assim a Chevrolet tirou o carro de linha, por conta das restrições de poluição ambiental que passaram a vigorar naquele ano.camaro-yenko.jpg

 

A Volta do Camaro às Ruas

Em 1977, a empresa automobilística decidiu trazer o Camaro às ruas novamente. Mesmo com poucas modificações, agradava muito como a presença do ar-condicionado e da caixa automática. E mesmo menos potente com apenas 185 cv, o modelo vendeu mais do que os seus antecessores, tamanha era a paixão inspirada pelo carro.  camaro_antigo_1977.jpg

 

A Terceira Geração e as Despedidas

A terceira geração de 1982 foi a que mais sofreu modificações. Ano em que a Chevrolet anunciou o motor Trend, que vinha com 8V, 5.0 LG4, possuindo carburador de corpo quádruplo, ou na versão V8 5.0 LU5 com injeção eletrônica Cross Fire. O máximo de sofisticação e tecnologia para a época. Poderia ainda ser carburado com quatro marchas ou automático, com três, produzindo 165cv e 145 cv, respectivamente. Os Camaros tinham seção dianteira diferenciada, spoiler de três peças e saias laterias em prata ou dourado. Um luxo! No ano seguinte, a montadora apresentou ainda uma versão L69 de cinco litros e, segundo ela de “alto desempenho”, contudo tinha motor de 190cv, o que era incompatível com versões anteriores. No ano seguinte, a montadora decidiu parar a produção do Camaro. Embora tivesse sido tirado de linha, em 1993 o Camaro foi escolhido para ser o carro das 500 mil milhas de Indianápolis, projetando novamente o carro em circuito mundial. Foram vendidos 663 modelos do Camaro, os quais ficaram conhecidos como “a quarta geração”. O Camaro Z28 estava equipado com um motor V8 LTI e ia de 0 a 100 km/h em 5,7 segundos. O carro ganhou algumas outras versões, mas não alcançou a marca de vendas desejada pela montadora. Foi tirado da linha de montagem novamente.camaro-1982.jpg

 

A Volta por Cima do Camaro

Em 2010, o Camaro voltou a ser fabricado e importado pela montadora e desde então já vendeu mais de 3.500 unidades. Hoje é reconhecido como o carro mais potente da história automobilística. A versão disponível no Brasil é a SS ZL1, V8 de 6,2 litros. Com blocos e cabeçotes feitos em alumínio, desenvolve 406 cv de potência, 5.900 rpm e 56,7 kgfm de torque a 4.200 rpm, o que o inclui em um distinto grupo de automóveis como o Corvette, Ferrari, Lamborgghini e alguns modelos de Porche.

 

A Aceleração vai de 0 a 100 km/h em 4,8 segundos e a velocidade chega a 250 km/h, estando limitada eletronicamente. Trabalha com transmissão automática, câmbio sequencial, suspensão de eixos, tanto traseiros quanto dianteiros, e o sistema de injeção eletrônica, para que o carro tenha mais economia de combustível, desliga 4 cilindros, o qual pode ser acionado por computador de bordo.Camaro-Amarelo.jpg

 

Além disso, para garantir a maior esportividade do carro, sua marca registrada, possui transmissão ou troca de marchas no volante. Muito parecido com o modelo original de 1966, traz ainda um painel bem futurista, e pode ser totalmente customizado, ganhando o toque original de seu condutor.

Atualmente, o Camaro sai pela bagatela de R$ 203.000,00 reais, a unidade!interior-do-camaro.jpg

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>