receba atualizações no seu e-mail
motor de arranque: identificar problemas

motor de arranque: identificar problemas

Motor de Partida ou Motor de Arranque: Funcionamento, Problemas e Soluções

Motor de Partida ou mais comumente conhecido como Motor de Arranque é um motor elétrico cuja função é acionar o funcionamento do automóvel até que ele tenha condições de funcionamento, ou seja, que funcione sozinho. Depois de “ligar” o carro, o Motor de Partida ou Motor de Arranque passa a não funcionar mais, ficando inoperante. O Motor de Arranque funciona da seguinte forma: ele transforma energia elétrica do carro, a qual é acionada no momento da partida, em energia mecânica, produzindo o movimento de rotação necessário para garantir o torque inicial, para vencer o atrito interno do motor para produzir a combustão. Caso o motor esteja frio, o atrito entre as peças torna-se maior  ainda, por conta do atrito entre pistão, biela, árvore de manivelas, mancais, viscosidade do óleo, e a temperatura do motor.  A partir daí há uma corrente contínua, para a impulsão da rotação livre, é nesse momento que o carro passa a funcionar.motor-arranque-exterior.jpg

Como é formado o Motor de Partida ou Arranque?

 

O Motor de Arranque, na parte interna, é formado por uma por uma carcaça de aço em formado cilíndrico, com mancais nas extremidades ligados a um conjunto de lâminas cilíndricas, as quais giram e apresentam várias ranhuras axiais. No mancal há também uma porta – escova, as quais são tencionadas por molas coletoras do induzido, transmitindo corrente elétrica. Já na parte externa conhecida como mancal, há o pinhão, empurrado por um garfo, ligado ao comando da chave magnética.motor-de-arranque-funcionamento.jpg

 

Como funciona o Motor de Arranque?

Há três estágios de funcionamento do motor de arranque. No primeiro, conhecido como posição de repouso, não há transmissão de energia, já que o motor está sem corrente. A mola da chave magnética está em posição de repouso. O segundo estágio é caracterizado pelo acionamento da chave de partida. As bobinas que compõem o motor de arranque – o atracamento -   retenção da chave magnética, a de campo e o induzido – recebem neste momento, a corrente elétrica. O induzido passa a girar e o pinhão engrena na cremalheira. Na sequência, a ponte de contato com a chave magnética, liga a bobina de campo e o induzido, automaticamente. É neste instante que o pinhão passa a querer engrenar-se. Já o terceiro estágio de funcionamento é caracterizado pela inicialização da alavanca de comando, em sua posição final, na qual o pinhão já está engrenado. É aqui que a ponte de contato liga a bobina do campo principal e o motor de partida apresenta torque total e o motor do veículo é então acionado.

 

Manutenção do Motor de Arranque

Em especial em veículos novos, o motor de arranque não costuma apresentar nenhum dano ou problema, já que se trata de um mecanismo que funciona apenas para dar a partida inicial do motor e não tem um outro funcionamento. Contudo costuma consumir muita bateria em sua inicialização, por isso alguns cuidados devem sempre ser tomados para que não haja o desgaste da bateria. Não se deve, por exemplo,  forçar a chave do carro na ignição, tentando fazê-lo pegar, já que este tipo de procedimento gera um superaquecimento a queima do induzido, bem como de seu campo. Outra dica: não se deve acionar a chave quando o motor já estiver ligado, uma vez que o procedimento gerará alta rotação, provocando danos para todo o conjunto de peças que constituem o motor de arranque. Mais uma questão: batidas ou pancadas na carcaça causam avarias e mal contato.

 

Como detectar possíveis problemas no Motor de Arranque?

O Motor de Arranque, não costuma ter problemas, contudo se o motor não pegar no momento em que for dada a partida no carro, é importante que sejam verificados alguns itens, para checar o funcionamento de algumas peças que o compõem. A bobina, o combustível, a ignição, são os itens que mais costumam sinalizar que algo está errado no funcionamento do motor de arranque. Por isso, manutenções preventivas são imprescindíveis, uma vez que as peças podem sofrer algum tipo de dano externo, ou ainda, o mal uso do condutor do carro poderá provocar avarias no conjunto. E, sendo constatado o problema, as trocas das peças devem ser feitas por um mecânico especializado – usando peças sempre originais e, com a recomendação do profissional na indicação de caso a caso; peças danificadas podem ser substituídas por outras remanufaturadas, para diminuir o custo da troca. Verifique então se:motor-de-arranque-como-funciona.jpg

 

a) Se não há mau contato entre a bateria e os cabos, e se ainda não há sujeira nos terminais;

b) Atenção aos barulhos como estalos ao virar a chave do motor e não ocorrer a partida;

c) Atenção a possíveis barulhos do pistão batendo no volante indicam que o primeiro estágio funciona, mas o segundo poderá estar comprometido devido a falta de rotação suficiente;

d) Peça que o mecânico verifique se os fios de cobre estão devidamente encapados para não haver qualquer tipo de curto-circuito, o que comprometeria a partida;

e) Também é importante saber que não houve desgaste do pinhão, caso haja será necessário trocá-lo;

f) as escovas e o relés também precisam ser verificados, uma vez que pode haver um desgaste natural das peças.

 

MANUTENÇÃO PREVENTIVA, EM ESPECIAL EM CARROS USADOS DEVE SEMPRE SER FEITA, ASSIM O VEÍCULO FUNCIONARÁ CORRETAMENTE E O CONDUTOR NÃO SOFRERÁ COM SURPRESAS INESPERADAS.

Sem Respostasto “motor de arranque: identificar problemas”

Trackbacks/Pingbacks

  1. camaro : conheça um pouco dessa história incrível! - [...] terceira geração de 1982 foi a que mais sofreu modificações. Ano em que a Chevrolet anunciou o motor Trend, …
  2. alternador o que é,como funciona,como identificar um problema - [...] Alternador de Veículo Automotivo é uma máquina que transforma energia mecânica em elétrica. É o alternador quem carrega a …
  3. homocinética o que é,como identificar problemas,qual sua função etc... - [...] feitos como visitas constantes a um mecânico e uma direção preventiva, econômica e correta, o desgaste da peça ocorre …

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>